Se você não conseguir editar a wiki após o login, você precisará solicitar direitos de edição usando este formulário. Você será notificado assim que tais direitos de edição lhe forem concedidos.

Princesa Isabel, Paraíba - Genealogia

Fonte: FamilySearch Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The printable version is no longer supported and may have rendering errors. Please update your browser bookmarks and please use the default browser print function instead.

Brasil Gotoarrow.png Paraíba Gotoarrow.png Princesa Isabel

(Inclua nesta página dados deste município. As informações em itálico são apenas orientações e deverão ser suprimidas assim que os conteúdos forem incluídos.)

PrincesaIsabelPB.svg.png

Localização: Mesorregião Sertão Paraibano
Área: 368,067 km²
Distância da Capital: 430 km

Datas
[editar | editar código-fonte]

(Inclua datas históricas relacionadas ao município, como data de fundação, emancipação política, etc.)


Elevado à categoria de vila com a denominação de Princesa, em 26 de novembro de 1875.
Em 05 de fevereiro de1879, é extinta a vila, sendo seu território anexado ao município de Piancó.
Elevado novamente à categoria de vila com a denominação de Princesa, em 03 de dezembro de 1880, desmembrado de Piancó.

Antigas Denominações
[editar | editar código-fonte]

(Inclua antigos nomes que o município tenha tido.)

Municípios Circunvizinhos
[editar | editar código-fonte]

Localidades
[editar | editar código-fonte]

(Inclua sublocalidades do município que sejam significativas, tais como povoados, fazendas, estâncias, etc.)


Distritos: Belém, São José, Ibiapina (Maníra, Alagoa Nova), Imoroti (Água Branca), Tavares

História
[editar | editar código-fonte]

Município Brasileiro do Estado da Paraíba, estando a uma atitude de 683 metros. Sua população estimada em 2010 é de 21.238 habitantes. Possui uma área de 368 Km. E foi marcada por importantes acontecimentos históricos, dentre eles, a revolução de 1930.
Princesa Isabel por volta de 1930, se declarou território livre e lutou contra o governo do Estado por 5 meses. Essa revolta foi liderada pelo coronel mais influente da região, José Pereira Lima, que se insurgiu contra medidas econômicas e práticas políticas modernizadoras adotadas pelo então presidente (denominação, à época, para governador) da Paraíba, João Pessoa. A gota d'água para o rompimento do coronel com João Pessoa foi a decisão do presidente do Estado de deixar de fora, na composição de uma chapa para deputado federal, o ex governador João Suassuna, pai do escritor Ariano Suassuna, e grande amigo de José Pereira.

O Coronel foi além do rompimento político. Reuniu 150 jagunços e as armas disponíveis na cidade - repassadas pelo governo federal aos coronéis da região para combater os cangaceiros de Lampião e a coluna prestes, expulsou os soldados do governo estadual que se dirigiam a Princesa e juntamente com o prefeito e o presidente da Câmara Municipal, declarou a independência administrativa da cidade, que passou, então, a ter bandeira, hino, leis, jornal e exército próprios.
João Pessoa usou todas as armas para tentar conter os rebeldes. Ameaçou bombardear a cidade e mobilizou homens sob o comando de José Américo de Almeida. Habituados com a geografia da região, os revoltosos venciam sucessivas batalhas. A revolta tomou grandes proporções, envolvendo além da Paraíba o Estado do Pernambuco e o governo federal. O assassinato de João Pessoa no dia 26 de julho de 1930 por João Dantas, motivado por questões políticas e pessoais, pôs fim à Revolta de Princesa.

Famílias Tradicionais
[editar | editar código-fonte]

(Relacione as famílias mais antigas e tradicionais do município, por ordem alfabética de sobrenome e separado por vírgulas.)

Instituições
[editar | editar código-fonte]

Cartórios de Registro Civil, Notas e similares
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as unidades cartoriais do município, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)


Cartório de Registro Civil e Pessoas Naturais

Praça José Nominando Diniz, s/n

Cep: 58755-000

Fone: (83) 3457-2250

Email: cartoriopri@hotmail.com

Cemitérios
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) cemitério(s) do município, tanto públicos quanto particulares, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver)

Centros de História da Família
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) Centro(s) de História da Família existente(s) no município. Utilize a opção Inserir Hiperlink para ligá-lo à página do Centro na Wiki.)

Locais de Registros Religiosos
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as igrejas e outras instituições ligadas a estas, como dioceses, arquidioceses e escritórios, existentes no municípios, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO (1880)

Outros Locais e Instituições
[editar | editar código-fonte]

(Inclua Associações, Arquivos Públicos, Bibliotecas, Institutos Históricos, Museus, Prefeituras e qualquer outra instituição que possa conter acervo de interesse para a História da Família ou que possa servir de meio para contato no município; inclua endereços, telefones para contato, e-mails e links para páginas virtuais, se houver. Relacione-os em ordem alfabética.)

Outros Recursos de Pesquisa
[editar | editar código-fonte]

O blog historia de princesa pb tem muita informação sobre este município

Bibliografias
[editar | editar código-fonte]

(Inclua livros já publicados relacionados à localidade.)

Referências
[editar | editar código-fonte]

  1. http://pt.wikipedia.org/wiki/Princesa_Isabel_(Paraíba)
  2. http://cod.ibge.gov.br/237TQ