Se você não conseguir editar a wiki após o login, você precisará solicitar direitos de edição usando este formulário. Você será notificado assim que tais direitos de edição lhe forem concedidos.

Ouro Branco, Rio Grande do Norte - Genealogia

Da wiki FamilySearch Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Brasil Gotoarrow.png Rio Grande do Norte Gotoarrow.png Ouro Branco

Ouro Branco é um município no estado do Rio Grande do Norte (Brasil), localizado na região do Seridó. De acordo com o censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no ano 2010, sua população era de 4.699 habitantes. Ainda de acordo com o IBGE a população estimada em 2016 é de 4.877 em uma área territorial de 253 km².

(Inclua nesta página dados deste município. As informações em itálico são apenas orientações e deverão ser suprimidas assim que os conteúdos forem incluídos.)


Rio Grande do Norte Municip Ouro Branco.svg.png

Localização: Mesorregião Central Potiguar
                   Microrregião Seridó Oriental
Área:  253,300 km²
Distância da Capital: 250Km

Datas
[editar | editar código-fonte]

Ouro Branco foi fundada em 16 de julho de 1905 por Cirilo de Souza.

Em 1920 o nome mudou de "Espírito Santo" para "Ouro Branco".

Entre 1944 e 1948 a vila mudou de nome novamente, tornando conhecida por "Manairama".

Em 23 de dezembro de 1948 pela lei nº 146, volta a denominação de "Ouro Branco".

A cidade tornou-se emancipada politicamente, (antes vila pertencente à Jardim do Seridó) em 21 de novembro de 1953.

(Inclua datas históricas relacionadas ao município, como data de fundação, emancipação política, etc.)

Antigas Denominações
[editar | editar código-fonte]

Espirito Santo

Manairama

(Inclua antigos nomes que o município tenha tido.)

Municípios Circunvizinhos
[editar | editar código-fonte]

Localidades
[editar | editar código-fonte]

Povoado do Espírito Santo 

(Inclua sublocalidades do município que sejam significativas, tais como povoados, fazendas, estâncias, etc.)

História
[editar | editar código-fonte]

Localizado na Região Seridó, sertão do estado do Rio Grande do Norte, em sua porção centro-sul, o município de Ouro Branco-RN tem suas origens remontadas às frentes de expansão promovidos pela então Coroa Portuguesa, no século XVIII. Nesta região, a criação de gado era mais propícia para a promoção do povoamento.

A Fazenda Espírito Santo, marco inicial, fora demarcada ainda na década de 1750, segundo registros históricos da Igreja Católica.

Serafim de Souza Marques e Antônio Carvalho de Aguiar, moradores da Fazenda Espírito Santo, endossaram pedido ao Bispado de Olinda, no ano de 1790, para que fossem declarados fregueses de Santa Ana do Seridó, e não do Termo de Patos, como era até então. O mesmo pedido também se observou da então Fazenda Desterro, uma das mais antigas fazendas da região, onde hoje se localiza o sítio Esguicho.

A ocupação do espaço aonde viria a ser, posteriormente, a cidade de Ouro Branco, se deu de maneira semelhante às demais cidades da região: a partir da implantação de fazendas de gado.

Logo as fazendas adquiriram o caráter de “fazendas de pastoreio”, que, com o tempo, passaram a ser centro aglutinador da vida social dos moradores locais, bem como de onde se irradiou a cultura da civilização do sertão. A presença de padres sesmeiros foi recorrente, o que facilitou e favoreceu a penetração e enraizamento do catolicismo na região.

Dentro das residências era comum a existência de oratórios, lugar sagrado e onde se orava, faziam-se preces, se celebravam missas, casamentos e batizados. As cerimônias religiosas eram realizadas na fazenda Espírito Santo, membro espiritual da freguesia senhora de Santa’na do Seridó, ou na sede da freguesia.

Com a intensificação da dinâmica social, no decorrer dos anos, surge um incipiente espaço urbano, percebendo-se já a realização das feiras livres, quando a realidade em volta do sertanejo foi adquirindo novos traços, tecendo um novo contexto, e que identificariam desde então o cotidiano e identidade regional, através de elementos próprios da vivência do sertanejo.

A Fazenda Espírito Santo daria origem ao Povoado de mesmo nome. Assim, fruto do crescente povoamento, havia necessidade de se comercializar principalmente produtos provindos da terra, necessariamente cereais indispensáveis para alimentação e sobrevivência dos moradores. Observando este “incipiente comércio”, segundo denominação de historiadores locais, dois moradores do lugar, Cirilo de Souza, conhecido popularmente como o “velho do Poção”, e possível descendente dos primeiros ocupantes da fazenda; e Manoel Correia, do sítio Cobiçado, tiveram a iniciativa de organizarem uma feira, a qual fora realizada em 16 de Julho de 1905, depois de conseguirem o reconhecimento e aprovação oficiais do presidente da Intendência de Jardim do Seridó, Felinto Elíseo de Azevedo.

A feira, que é marcada pela historiografia local como sendo a origem da cidade de Ouro Branco, foi realizada próximo às primeiras moradas, onde atualmente situa-se a Rua tenente Manoel Cirilo, ou “Rua de Baixo”, e seria realizada todos os domingos, como ocorre até os dias atuais. De início, eram comercializados, debaixo de uma espécie de barraca, erguida com madeira e palhas de coqueiro, produtos como feijão, milho, carne, utensílios de barro, e muitos outros produzidos na própria região e serviam para a lida na terra.

Por volta de 1917, fez-se essencial a construção de uma capela, ao redor da qual iam se aglomerando as moradas dos habitantes, o que viria a se formar posteriormente a cidade. O terreno para a construção da Capela fora doado pelo casal Maria Florinda da Conceição e João Melquíades de Oliveira. A bênção da pedra fundamental foi proferida pelo Monsenhor Francisco Severiano de Figueiredo, em 21 de Dezembro de 1916.

(Inclua um breve resumo histórico sobre o município, destacando os fatos que se relacionem ou que facilitem de alguma forma a pesquisa genealógica na localidade.)

Famílias Tradicionais
[editar | editar código-fonte]

Família Araújo

Família Correia

Família Lucena

Família Souza

(Relacione as famílias mais antigas e tradicionais do município, por ordem alfabética de sobrenome e separado por vírgulas.)

Instituições[editar | editar código-fonte]

Cartórios de Registro Civil, Notas e similares[editar | editar código-fonte]

Cartório Ofício Único

Endereço: R. João Melquiades, 63

Bairro: Centro

Cep: 59347-000

E-mail: crtorioob@gmail.com

Telefone: (84) 3477-0086

Horário de Atendimento:

De 2ª a 6ª feira, das 8h ás 18h

Atribuições e Atividades:

  • Nascimentos
  • Casamentos
  • Óbitos
  • Notas
  • Protestos de Títulos
  • Registros de Pessoas Civil
  • Registros de Pessoas Jurídicas

(Inclua as unidades cartoriais do município, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

Cemitérios[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) cemitério(s) do município, tanto públicos quanto particulares, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver)

Centros de História da Família[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) Centro(s) de História da Família existente(s) no município. Utilize a opção Inserir Hiperlink para ligá-lo à página do Centro na Wiki.)

Locais de Registros Religiosos[editar | editar código-fonte]

Paróquia do Divino Espírito Santo- Diocese de Caicó

Endereço: Largo do Monsenhor Ernesto, s/n

Bairro: Centro

Cep: 59347-000

Telefone: (84) 3477-0083

Cidade: Ouro Branco

Estado: RN

Facebook: https://www.facebook.com/paroquiadodivino

(Inclua as igrejas e outras instituições ligadas a estas, como dioceses, arquidioceses e escritórios, existentes no municípios, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

Outros Locais e Instituições[editar | editar código-fonte]

Prefeitura Municipal

Endereço: Av. Manoel Correia, 219

Bairro: Centro

Cep: 59347-0083

Telefone: (84) 3477-0063

Website: http://ourobranco.rn.gov.br/

Cidade: Ouro Branco

Estado: RN

(Inclua Associações, Arquivos Públicos, Bibliotecas, Institutos Históricos, Museus, Prefeituras e qualquer outra instituição que possa conter acervo de interesse para a História da Família ou que possa servir de meio para contato no município; inclua endereços, telefones para contato, e-mails e links para páginas virtuais, se houver. Relacione-os em ordem alfabética.)

Outros Recursos de Pesquisa[editar | editar código-fonte]

(Inclua outros recursos que possam ser utilizados para pesquisa específica no município, como comunidades online, páginas pessoais, etc.)

Bibliografias[editar | editar código-fonte]

(Inclua livros já publicados relacionados à localidade.)

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. https://pt.wikipedia.org/wiki/Ouro Branco (RIo Grande do Norte)
  2. http://cod.ibge.gov.br/2401L