Se você não conseguir editar a wiki após o login, você precisará solicitar direitos de edição usando este formulário. Você será notificado assim que tais direitos de edição lhe forem concedidos.

Niterói, Rio de Janeiro - Genealogia

Fonte: FamilySearch Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Brasil Gotoarrow.png Rio de Janeiro Gotoarrow.png Niterói

(Inclua nesta página dados deste município. As informações em itálico são apenas orientações e deverão ser suprimidas assim que os conteúdos forem incluídos.)

NiteroiRJ.svg.png

Localização: Mesorregião Metropolitana do Rio de Janeiro
Área: 129,3 km²
Distância da Capital: 10,9 km

Datas
[editar | editar código-fonte]

(Inclua datas históricas relacionadas ao município, como data de fundação, emancipação política, etc.)

Antigas Denominações
[editar | editar código-fonte]

(Inclua antigos nomes que o município tenha tido.)

Bandas D'Além - termo utilizado para denominar as terras situadas do outro lado da baía da Guanabara, em contraposição ao Rio de Janeiro, até aproximadamente 1819.

Aldeia de São Lourenço dos Índios - a partir de 22 de novembro de 1573 - quando Araribóia tomou posse oficial das terras doadas pelo provedor da Pazenda Real do Rio de Janeiro, Antônio de Mariz Coutinho, e sua esposa Isabel Velho.

O sítio e povoação de São Domingos da Praia Grande foram transformados na Vila Real da Praia Grande, em 10/05/1819.

Em 1835 a Vila Real da Praia Grande foi elevada a cidade com o nome de Nictheroy.

Municípios Circunvizinhos
[editar | editar código-fonte]

Localidades
[editar | editar código-fonte]

(Inclua sublocalidades do município que sejam significativas, tais como povoados, fazendas, estâncias, etc.)

Fazenda da d. Elena - em 1850 eram seus proprietários D. Maria Jose Bessa e seus marido Capitão Mor Gabriel  Alves Carneiro, por herança. Antigos donos: D. Elena Francisca Casimira e seu marido Manoel Jose Bessa, os quais compraram de Domingos de Freitas Rangel, em 06/03/1794; este a comprou do tenente coronel da artilharia Antonio Joaquim de Oliveira, que a comprou de Jose da Silva Antunes e sua esposa em 1789.

Largo da Memória - terreno de propriedade de dona Helena Francisca Casimira. Conhecido como Campo de D. Helena. Pelo Plano de Edificação da Vila Real da Praia Grande foi enviado para aprovação para a construção de um passeio público, inaugurado em 1847. Em 1913 o passeio público ganhou um rinque de patinação, sendo até hoje conhecido como Rink.

Barreto - A região onde hoje se localiza o Barreto era uma antiga fazenda chamada de Caboró pertencente ao Frei José Barreto Coutinho de Azevedo Rangel, a quem o nome do bairro referencia. Sua propriedade abrangia Niterói e São Gonçalo (atual bairro de Neves). Até meados do século XIX a área era ocupada essencialmente por chácaras, quando, a partir de 1890, diversas indústrias se instalaram no local iniciando assim seu processo de urbanização, que até
hoje permanece incompleto.

Engenhoca - O nome, oriundo de antigos engenhos existentes na área, é um tributo ao passado do bairro, que até 1920 era formado por três grandes fazendas: Fazenda das Palmeiras (com palmeiras dispostas em alameda até a entrada principal); Fazenda da Madame (localizada perto dos limites com oFonseca) e a Fazenda do Alemão (próxima aos limites com o Barreto).Era o local ideal para moradia dos operários que trabalhavam no Barreto, depois da primeira guerra mundial. Paralelamente ao parcelamento das terras observa-se a ascensão de alguns clãs familiares: família Esteves e família Mendes, principalmente.

História
[editar | editar código-fonte]

(Inclua um breve resumo histórico sobre o município, destacando os fatos que se relacionem ou que facilitem de alguma forma a pesquisa genealógica na localidade.)

Quando foi criada a Vila Real da Praia Grande, era composta por duas povoações (São Domingos e Praia Grande) e 4 freguesias (São João Batista de Icaraí, São Sebastião de Itaipu, São Lourenço dos Índios e São Gonçalo).

O juiz de fora era Jose Clemente Pereira, nascido em Portugal.

Uma vez que o alvará de criação da Vila obrigava os moradores a custearem o pelourinho, a Casa da Câmara e Cadeia, a venda de cargos na Praia Grande pode ser observada a partir da concessão de funções em troca de benefícios concretos para a vila. Um exemplo desse procedimento foi o pedido do capitão das ordenanças do distrito de São João de Icaraí, João Homem do Amaral. No mesmo dia da instauração do pelourinho, Amaral solicitou o cargo de capitão-mor, alegando não apenas suas prestações de serviços de serviço militar mas, também, o tato de ser o maior proprietário daquele lugar, ter antecedido a resolução do rei na elevação à categoria de vila e ter construído um grande muro de prédios e ter oferecido sua casa, quando da visita da família real à povoação, à rainha. Apesar de todas as justificativas apresentadas pelo candidato ao cargo de capitão-mor, a escolha recaiu sobre Gabriel Alves Carneiro, genro da proprietária do Campo de D. Helena. Mais tarde ele desistiu de todos os seus direitos sobre o que já havia sido expropriado, receoso que houvesse mais desapropriações. Além disso, doou à Câmara dois contos de réis para que fossem construídos a praça e o chafariz.

O terreno que foi usado para construir os edifícios públicos foi doado pelo brigadeiro Manoel Álvares da Fonseca e sua mulher Maria da Piedade Mendes da Fonseca, em 1820.


.

Famílias Tradicionais
[editar | editar código-fonte]

(Relacione as famílias mais antigas e tradicionais do município, por ordem alfabética de sobrenome e separado por vírgulas.)

Instituições
[editar | editar código-fonte]

Cartórios de Registro Civil, Notas e similares
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as unidades cartoriais do município, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

Cemitérios
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) cemitério(s) do município, tanto públicos quanto particulares, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver)

Cemitério Parque da Colina
Endereço: Estrada Francisco da Cruz Nunes, 987 - Pendotiba, Niterói - RJ, 24310-340, Brasil
Telefone:+55 21 2616-4194

Cemitério Marui Grande
Endereço: Niterói, RJ, Brasil
Telefone:+55 21 2628-2065

Arquiconfraria Nossa Senhora da Conceição
Endereço: R. Gen. Castrioto, 409, Niterói - RJ, 24110-160, Brasil
Telefone:+55 21 2628-3729

Cemitério São Francisco Xavier - Charitas
(21) 2711-3366
Avenida Quintino Bocaiúva, s/n, Sn, São Francisco
Niterói - RJ

Cemitério São Lázaro de Itaipu
Endereço: estr Francisco da Cruz Nunes - s/n, Niterói - RJ, 24310-340,
Telefone:+55 21 2709-2514

Centros de História da Família
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) Centro(s) de História da Família existente(s) no município. Utilize a opção Inserir Hiperlink para ligá-lo à página do Centro na Wiki.)

Rua Leite Ribeiro, 22
Niteroi - RJ
Brasil
24120-210

Telefone
+55 1-21-2625-0013

E-mail
BR_Niteroi@familyhistorymail.org

Horários
Segunda-feira: 07:00-10:00
Terça-feira: 17:00-21:00
Quarta-feira: 07:00-10:00
Quinta-feira: 17:00-21:00
Sexta-feira: 17:00-21:00

Locais de Registros Religiosos
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as igrejas e outras instituições ligadas a estas, como dioceses, arquidioceses e escritórios, existentes no municípios, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

Catedral de Sao Joao Batista de Niteroi - [1]

Igreja Nossa Senhora do Bonsucesso de Piratininga [2]

Igreja Sao Sebastiao de Itaipu - [3]

Outros Locais e Instituições
[editar | editar código-fonte]

(Inclua Associações, Arquivos Públicos, Bibliotecas, Institutos Históricos, Museus, Prefeituras e qualquer outra instituição que possa conter acervo de interesse para a História da Família ou que possa servir de meio para contato no município; inclua endereços, telefones para contato, e-mails e links para páginas virtuais, se houver. Relacione-os em ordem alfabética.)

Outros Recursos de Pesquisa
[editar | editar código-fonte]

(Inclua outros recursos que possam ser utilizados para pesquisa específica no município, como comunidades online, páginas pessoais, etc.)

Bibliografias
[editar | editar código-fonte]

(Inclua livros já publicados relacionados à localidade.)

Referências
[editar | editar código-fonte]

  1. https://pt.wikipedia.org/wiki/Niterói
  2. http://cod.ibge.gov.br/233F4