Se você não conseguir editar a wiki após o login, você precisará solicitar direitos de edição usando este formulário. Você será notificado assim que tais direitos de edição lhe forem concedidos.

Manaíra, Paraíba - Genealogia

Fonte: FamilySearch Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Brasil Gotoarrow.png Paraíba Gotoarrow.png Manaíra

(Inclua nesta página dados deste município. As informações em itálico são apenas orientações e deverão ser suprimidas assim que os conteúdos forem incluídos.)


Paraíba Municip Manaíra.svg.png

Localização: Mesorregião Sertão Paraibano
                   Microrregião Serra do Teixeira I
Área: 352,566 km²
Distância da Capital: 372Km

Datas
[editar | editar código-fonte]

(Inclua datas históricas relacionadas ao município, como data de fundação, emancipação política, etc.)


Em 1920, figura no município de Princesa o distrito de Alagoa Nova.
Em 15 de novembro de 1938, o distrito de Alagoa Nova, passou a denominar-se Manaíra e o município de Princesa a denominar-se Princesa Isabel.
Elevado à categoria de município com a denominação de Manaíra, em 15 de dezembro de 1961, desmembrado de Princesa Isabel.

Antigas Denominações
[editar | editar código-fonte]

(Inclua antigos nomes que o município tenha tido.)

Municípios Circunvizinhos
[editar | editar código-fonte]

Localidades[editar | editar código-fonte]

(Inclua sublocalidades do município que sejam significativas, tais como povoados, fazendas, estâncias, etc.)


Distrito de Pelo Sinal

História
[editar | editar código-fonte]

(Inclua um breve resumo histórico sobre o município, destacando os fatos que se relacionem ou que facilitem de alguma forma a pesquisa genealógica na localidade.)


A Cidade de Manaíra surgiu na pequena fazenda Alagoa Nova, de propriedade de Manoel Pereira da Silva, que ali chegou em 1840, como primeiro comerciante. Instalou uma "bulandeira", instrumento com o qual classificava o algodão e ainda uma espécie de engenho que servia para descaroçar o produto e preparar a cana para a fabricação de rapadura.
Entre os pioneiros estão Manoel Pequeno, Severino Benedito e Belarmino Nogueira.
Em 1870 foi construída a primeira capela, mais tarde demolida. Em 1889, em terreno doado pelas irmãs Catarina e Balbina, cujo sobrenome a história não revela, foi construída a igreja, atual Matriz, dedicada ao Divino Espírito Santo, escolhida como Padroeiro do lugar. Em 1887, foi criada a Paróquia, ano em que o comércio já mostrava bom desenvolvimento.
Conta a lenda que a denominação Manaíra - Seios de Mel - foi escolhida em homenagem a uma índia, com esse nome, prometida por seu pai Boiassu como noiva, ao índio Piancó, chefe da tribo dos Coromas. Diz, ainda, a lenda, que tendo Manaíra se envolvido com o colonizador Manoel Curado Garra, foi sacrificada pelo pai, em nome do compromisso assumido com Piancó.

Famílias Tradicionais
[editar | editar código-fonte]

(Relacione as famílias mais antigas e tradicionais do município, por ordem alfabética de sobrenome e separado por vírgulas.)

Instituições
[editar | editar código-fonte]

Cartórios de Registro Civil, Notas e similares
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as unidades cartoriais do município, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

Cartório Duarte

Rua José Rosas, 108 Centro

Cep: 58995-000

Fone: (83) 3458-1158

Email: cartorioduarte@hotmail.com


Cartório Rabelo

Rua Aureliano Barbosa dos Santos, s/n Centro

Cep: 58995-000

Fone: (83) 3458-1212

Email: cartoriorabellops@hotmail.com

Cemitérios
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) cemitério(s) do município, tanto públicos quanto particulares, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver)

Centros de História da Família
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) Centro(s) de História da Família existente(s) no município. Utilize a opção Inserir Hiperlink para ligá-lo à página do Centro na Wiki.)

Locais de Registros Religiosos
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as igrejas e outras instituições ligadas a estas, como dioceses, arquidioceses e escritórios, existentes no municípios, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

PARÓQUIA DO DIVINO ESPÍRITO SANTO

Outros Locais e Instituições
[editar | editar código-fonte]

(Inclua Associações, Arquivos Públicos, Bibliotecas, Institutos Históricos, Museus, Prefeituras e qualquer outra instituição que possa conter acervo de interesse para a História da Família ou que possa servir de meio para contato no município; inclua endereços, telefones para contato, e-mails e links para páginas virtuais, se houver. Relacione-os em ordem alfabética.)

Outros Recursos de Pesquisa
[editar | editar código-fonte]

(Inclua outros recursos que possam ser utilizados para pesquisa específica no município, como comunidades online, páginas pessoais, etc.)

Bibliografias
[editar | editar código-fonte]

(Inclua livros já publicados relacionados à localidade.)

Referências
[editar | editar código-fonte]

  1. https://pt.wikipedia.org/wiki/Manaíra
  2. http://cod.ibge.gov.br/H49

http://www.cnj.jus.br/corregedoria/registrocivil/index.php?