Se você não conseguir editar a wiki após o login, você precisará solicitar direitos de edição usando este formulário. Você será notificado assim que tais direitos de edição lhe forem concedidos.

Bilac, São Paulo - Genealogia

Fonte: FamilySearch Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Brasil Gotoarrow.png São Paulo Gotoarrow.png Bilac

(Inclua nesta página dados deste município. As informações em itálico são apenas orientações e deverão ser suprimidas assim que os conteúdos forem incluídos.)

280px-SaoPaulo Municip Bilac.svg.png










Datas
[editar | editar código-fonte]

1º loteamento: Em 1917 teve inicio o loteamento da então gleba da Brazil Plantation Sindical.
Aniversario: 18 de abril de 1925, foi oficializada da escritura de doação para o patrimônio, data considerada aniversário do município.
Emancipação: Aos 30 dias do mês de novembro de 1944, pelo Decreto nº 14.334, o Distrito de Bilac, foi elevado à categoria de Município, instalado em 1º de Janeiro de 1945.


Antigas Denominações
[editar | editar código-fonte]

Córrego da Colônia, Vila Nossa Senhora da Conceição e Nipolândia.

Municípios Circunvizinhos
[editar | editar código-fonte]

Localidades
[editar | editar código-fonte]

(Inclua sublocalidades do município que sejam significativas, tais como povoados, fazendas, estâncias, etc.)

História
[editar | editar código-fonte]

A colonização da região teve início em 1917 com um loteamento de uma gleba da "Brazil Plantation Sindical"6 , formando o povoado de "Córrego da Colônia". Membros da Sociedade Vila Conceição, composta por imigrantes japoneses atraídos pelo solo fértil da região adquiriam as terras, onde vários imigrantes japoneses que trabalhavam nas fazendas de café vieram se estabelecer. Posteriormente famílias italianas e espanholas também se estabeleceram ali.7

Dado o progresso da agricultura e o desenvolvimento econômico, em 10 de fevereiro de 1923, a Câmara Municipal de Birigui elevou o povoado à condição de Vila, com a denominação de Vila Nossa Senhora da Conceição, em homenagem à padroeira local. E em 18 de abril de 1925, foi oficializada da escritura de doação para o patrimônio, data considerada aniversário do município.

E a continuidade do progresso e crescimento da vila seguiram, em 1928 foi instalado o cemitério público e em 1930 o Distrito Policial.

Em 18 de agosto de 1933 a vila foi elevada a Distrito, que devido ao grande número de descendentes nipônicos, adotou a denominação "Nipolândia".

Ainda no ano de 1933 foi instalado o Cartório de Paz mais tarde em 1º de novembro 1936, por decreto de D. Henrique Fernando Cezar Mourão, foi elevada à categoria de paróquia, sendo seu primeiro vigário, o padre José Piedade Bayon.

Devido aos problemas nas relações entre Brasil e Japão, por causa da proximidade da Segunda Guerra Mundial, em 30 de novembro de 1938, o distrito foi renomeado, em homenagem ao poeta Olavo Bilac.

Com intuito de convencer o então Interventor Federal no estado de São Paulo, Dr. Fernando Costa, da necessidade de emancipação política do distrito, foi constituída uma comissão composta pelo Dr. Luiz Gomes Rodrigues, Coriolando Pompeu Filho, Narbor Pontes, Vitor Garcia, João Pelizaro, Vigário José Piedade Bayon e Nelson Urbano Cursinho, que elaborou e apresentou um memorial que destacava o desenvolvimento agrícola, demográfico e econômico atingido pelo Distrito, além do descontentamento da população local pelo pouco interesse que o interventor dispensava a Bilac.

E então aos 30 dias do mês de novembro de 1944, pelo Decreto nº 14.334, o distrito foi elevado à categoria de Município de Bilac, instalado em 1º de Janeiro de 1945.

Através da Lei Estadual nº 5.121, de 31 de dezembro de 1958, Bilac é elevado à comarca, que somente veio a ser instalada em 21 de novembro de 1965.8

Famílias Tradicionais
[editar | editar código-fonte]

(Relacione as famílias mais antigas e tradicionais do município, por ordem alfabética de sobrenome e separado por vírgulas.)

Instituições
[editar | editar código-fonte]

Cartórios de Registro Civil, Notas e similares
[editar | editar código-fonte]

  • OFICIAL DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS E DE INTERDIÇÕES E TUTELAS DA SEDE DA COMARCA DE BILAC - Bilac

Telefone: (18) 36592492
Endereço: Rua Sao Paulo, 710 - Bilac - SP - CEP 16210000
E-mail: cartoriobilac@hotmail.com
Horário de Funcionamento: De 2ª a 6ª feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h.
Área de abrangência: Município de Bilac.

  • OFICIAL DE REGISTRO DE IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS E CIVIL DE PESSOA JURÍDICA DA COMARCA DE BILAC - Bilac

Telefone: (18) 36591653 / 36592488
Endereço: Praça Osvaldo Martins, 08 - Bilac - SP - CEP 16210000
E-mail: registrobilac@ensite.com.br
Horário de Funcionamento: De 2ª a 6ª feira, das 8h às 17h
Área de abrangência: Municípios de Bilac, Gabriel Monteiro e Piac

  • TABELIÃO DE NOTAS E DE PROTESTO DE LETRAS E TÍTULOS DA COMARCA DE BILAC - Bilac

Telefone: (18) 36591511
Endereço: Rua Brasil, 251 - centro - Bilac - SP - CEP 16210000
E-mail: rebattagello@hotmail.com
Horário de Funcionamento: De 2ª a 6ª feira, das 8h às 11h e das 13h às 17h
Área de abrangência: Municípios de Bilac, Gabriel Monteiro e Piacatu.

Cemitérios
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) cemitério(s) do município, tanto públicos quanto particulares, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver)

Centros de História da Família
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) Centro(s) de História da Família existente(s) no município. Utilize a opção Inserir Hiperlink para ligá-lo à página do Centro na Wiki.)

Locais de Registros Religiosos
[editar | editar código-fonte]

Cúria Diocesana de Araçatuba

Rua Brigadeiro Luís Antônio, 342
CEP: 16025-160 - Bairro Bandeiras
Caixa Postal 71 - CEP: 16001-970
Fone: (18) 3624-3561-Araçatuba/SP
E-mails: diocesearacatuba@ig.com.br
Site: http://www.diocesearacatuba.com.br

Outros Locais e Instituições
[editar | editar código-fonte]

(Inclua Associações, Arquivos Públicos, Bibliotecas, Institutos Históricos, Museus, Prefeituras e qualquer outra instituição que possa conter acervo de interesse para a História da Família ou que possa servir de meio para contato no município; inclua endereços, telefones para contato, e-mails e links para páginas virtuais, se houver. Relacione-os em ordem alfabética.)

Outros Recursos de Pesquisa
[editar | editar código-fonte]

(Inclua outros recursos que possam ser utilizados para pesquisa específica no município, como comunidades online, páginas pessoais, etc.)

Bibliografias
[editar | editar código-fonte]

(Inclua livros já publicados relacionados à localidade.)

Referências
[editar | editar código-fonte]

  1. https://pt.wikipedia.org/wiki/Bilac
  2. http://cod.ibge.gov.br/318
  3. www.camarabilac.sp.gov.br/
  4. www.miliciadaimaculada.org.br/ver3/default.asp
  5. http://www.cartoriosp.com.br/localize-um-cartorio.aspx
  6. http://www.diocesearacatuba.com.br/index1.asp?nip=P1L_&qm=s&ed=0&c=21&nm=Secretaria&ter=apn76