Se você não conseguir editar a wiki após o login, você precisará solicitar direitos de edição usando este formulário. Você será notificado assim que tais direitos de edição lhe forem concedidos.

Alto Piquiri, Paraná - Genealogia

Fonte: FamilySearch Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Brasil Gotoarrow.png Paraná Gotoarrow.png Alto Piquiri

(Inclua nesta página dados deste município. As informações em itálico são apenas orientações e deverão ser suprimidas assim que os conteúdos forem incluídos.)


Paraná Municip Alto Piquiri.svg.png

Localização: Mesorregião Noroeste Paranaense
                   Microrregião Umuarama
Área: 447,722 km²
Distância da Capital: 599Km

Datas
[editar | editar código-fonte]

(Inclua datas históricas relacionadas ao município, como data de fundação, emancipação política, etc.)

  • Fundação:25 de Julho de 1961

Antigas Denominações
[editar | editar código-fonte]

(Inclua antigos nomes que o município tenha tido.)

Municípios Circunvizinhos
[editar | editar código-fonte]

De acordo com o mapa do IBGE:

Localidades
[editar | editar código-fonte]

(Inclua sublocalidades do município que sejam significativas, tais como povoados, fazendas, estâncias, etc.)

História
[editar | editar código-fonte]

(Inclua um breve resumo histórico sobre o município, destacando os fatos que se relacionem ou que facilitem de alguma forma a pesquisa genealógica na localidade.)

O território alto-piquiriense foi permeado por povos espanhóis, a partir do século XVII, quando os padres jesuítas da Companhia de Jesus se dispuseram a catequizar os povos indígenas que habitavam estes sertões, notadamente a região que margeia o Rio Piquiri. No entanto, esta civilização não floresceu, não restando nem ao menos ruínas da exuberante obra desenhada pelos catequistas.

A região só conheceria o progresso em meados do século XX, quando chegaram à localidade os primeiros desbravadores com interesses de colonizar as cercanias.

A primeira denominação do atual município foi Reconquista, sendo dada por um punhado de obcecados pioneiros. Estes iniciais povoadores estavam à procura do lugar ideal para plantar e colher seus sonhos, e certamente o encontraram, em Alto Piquiri.

Os primeiros moradores chegaram no ano de 1952. Dentre as famílias pioneiras destacavam-se as de Altino de Campos, José Rodrigues do Prado (XARÁ), Família Mação, Luiz Ruaro, Familia Vieira (Chácara São Benedito),R ubens Arno Sella, João Marques da Silveira, Nelson Rodrigues Barbosa, João Enrique, Tadaham Kiminami, Fioravante Lucetti, Agenor Alves Bueno, Elias Volpato, João Volpato, Leonízio Volpato, João Soares, Ermínio Mário Piffer, Otaviano de Souza Freire, João Silveira Crispim, Luíz Fernandes Araújo, Benedito Fernandes de Araújo, Eutrópio Maciel de Andrade, João dos Santos e muitas outras. Já no atual distrito de Mirante do Piquiri destaca-se o pioneirismo de Valdomiro de Freitas e família, que habitaram o local no início da década de 50.

O primeiro comerciante do lugar foi o senhor João Enrique; os irmãos Volpato se dedicaram ao beneficiamento da madeira; e se destacou na região a Cafeeira Alto Piquiri Ltda.

O que efetivamente atraiu este verdadeiro magote de gente, foi a fertilidade do solo, já que na época, o café, comumente chamado de "ouro verde", foi o responsável pelo surgimento de inúmeras cidades, fazendo fortuna de muita gente.

Este fator deu lugar ao rápido crescimento econômico, permitindo que em 11 de abril de 1958, através da lei estadual nº 3.638, fosse criado o distrito, com denominação de Alto Piquiri, com território pertencente ao município de Cruzeiro do Oeste.

Pela lei nº 4.245, de 25 de julho de 1960, sancionado pelo governador Moysés Lupion, foi criado o município de Alto Piquiri, desmembrado de Cruzeiro do Oeste.

A instalação deu-se no dia 15 de novembro de 1961. O primeiro prefeito municipal, nomeado, foi o sr. Aparício Teixeira D'Avila e o primeiro eleito, foi o sr. Nelson Rodrigues Barbosa.

Famílias Tradicionais
[editar | editar código-fonte]

(Relacione as famílias mais antigas e tradicionais do município, por ordem alfabética de sobrenome e separado por vírgulas.)

Instituições
[editar | editar código-fonte]

Cartórios de Registro Civil, Notas e similares
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as unidades cartoriais do município, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

Cemitérios
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) cemitério(s) do município, tanto públicos quanto particulares, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver)

Centros de História da Família
[editar | editar código-fonte]

(Inclua o(s) nome(s) do(s) Centro(s) de História da Família existente(s) no município. Utilize a opção Inserir Hiperlink para ligá-lo à página do Centro na Wiki.)

Locais de Registros Religiosos
[editar | editar código-fonte]

(Inclua as igrejas e outras instituições ligadas a estas, como dioceses, arquidioceses e escritórios, existentes no municípios, bem como endereço, telefone, e-mails e links para páginas virtuais, se houver.)

Outros Locais e Instituições
[editar | editar código-fonte]

Biblioteca Pública Municipal Rui Barbosa
Praça Ney Braga, s/n - Centro
87580-000 - Alto Piquiri - PR
Telefax: (44)3656-1421
E-mail: educacao@altopiquiri.pr.gov.br

(Inclua Associações, Arquivos Públicos, Bibliotecas, Institutos Históricos, Museus, Prefeituras e qualquer outra instituição que possa conter acervo de interesse para a História da Família ou que possa servir de meio para contato no município; inclua endereços, telefones para contato, e-mails e links para páginas virtuais, se houver. Relacione-os em ordem alfabética.)

Outros Recursos de Pesquisa
[editar | editar código-fonte]

(Inclua outros recursos que possam ser utilizados para pesquisa específica no município, como comunidades online, páginas pessoais, etc.)

Bibliografias
[editar | editar código-fonte]

(Inclua livros já publicados relacionados à localidade.)

Referências
[editar | editar código-fonte]

  1. https://pt.wikipedia.org/wiki/Alto_Piquiri
  2. http://cod.ibge.gov.br/235BG
  3. parana.jpg
  4. http://www.bpp.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=4